No âmbito da Presidência Portuguesa do Conselho da União Europeia, Portugal tem defendido que a educação em situação de emergência é um ponto de entrada para a implementação do Triplo nexo (Ajuda Humanitária-Desenvolvimento-Paz), contribuindo para a estabilidade e construção da paz, num investimento a longo prazo.

Portugal atribui especial importância à promoção, proteção e realização dos direitos económicos, sociais e culturais, incluindo o direito à educação.

A educação superior representa um poderoso vetor de mudança e pode agir como catalisador para a recuperação e reconstrução de países afetados pela guerra, bem como para a integração de jovens refugiados nas sociedades de acolhimento.

Portugal tem apoiado institucional e financeiramente a Plataforma Global para os Estudantes Sírios.

O evento paralelo intitulado “Higher Education in Crisis Settings Matters – Listening to Syrian Voices and other Testimonials” teve lugar a 25 de março, no âmbito da 5.ª Conferência de Bruxelas sobre o futuro da Síria e da região. O evento virtual foi organizado pela Plataforma Global para os Estudantes Sírios em parceria com a REPER.

O evento teve como principais objetivos a divulgação da iniciativa criada pelo antigo Presidente Jorge Sampaio, a sensibilização sobre a importância de incluir a educação superior nas respostas humanitárias e a partilha de experiências, boas práticas e aprendizagens.

O evento contou com as intervenções de S. Exa. o Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação e de S. Exa. o Secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

  • Partilhe